DNAAS PARTICIPA DA 57 ª FEIRA INTERNACIONAL DE MOÇAMBIQUE – FACIM 2022

A Direcção Nacional de Abastecimento de Água e Saneamento (DNAAS) participa, de 29 de Agosto à 04 de Setembro, da 57ª Feira Internacional de Moçambique - FACIM 2022, em Ricatla, Distrito de Marracuene, em Maputo, que decorre sob o lema “Industrialização: Inovação e Diversificação da Economia Nacional”.

 

No Pavilhão de Madjedje, a DNAAS expõe alguns dos seus principais programas e projectos de abastecimento de água e saneamento com destaque para o Programa Nacional de Abastecimento de Água e Saneamento Rural (PRONASAR), Programa Água para a Vida (PRAVIDA), Projecto de Saneamento Urbano (PSU) e o Projecto de Requalificação Integrada do Bairro Chamanculo C em Maputo – REGENERA.

A Direcção Nacional de Abastecimento de Água e Saneamento (DNAAS) participa, de 29 de Agosto à 04 de Setembro, da 57ª Feira Internacional de Moçambique - FACIM 2022, em Ricatla, Distrito de Marracuene, em Maputo, que decorre sob o lema “Industrialização: Inovação e Diversificação da Economia Nacional”.

 

No Pavilhão de Madjedje, a DNAAS expõe alguns dos seus principais programas e projectos de abastecimento de água e saneamento com destaque para o Programa Nacional de Abastecimento de Água e Saneamento Rural (PRONASAR), Programa Água para a Vida (PRAVIDA), Projecto de Saneamento Urbano (PSU) e o Projecto de Requalificação Integrada do Bairro Chamanculo C em Maputo – REGENERA.

 

Com objectivo de atrair mais investimentos, a DNAAS expõe no seu Stand um protótipo funcional de uma unidade de dessalinização de água. Trata-se de uma tecnologia que têm vindo a ganhar cada vez mais expressão no PRONASAR, no contexto das mudanças climáticas, sobretudo nas regiões áridas, semiáridas ou costeiras, onde o nível de salinidade da água é relativamente acentuado e a qualidade da água não é adequada para o consumo.

 

Na componente rural, o PRONASAR, uma iniciativa do governo e parceiros, tem estado a contribuir consideravelmente para o aumento da qualidade de vida de comunidades rurais em todo o país, com actividades que se concentram na construção de infraestruturas de abastecimento de água e saneamento, para além da promoção de hábitos de saneamento seguros, como a promoção da construção de latrinas seguras, através do protocolo LIFECA (Livres do Fecalismo a Céu Aberto).

 

Por outro lado, o PSU constitui um programa de saneamento com intervenções em áreas urbanas seleccionadas de Moçambique, com acções cruciais para a melhoria da qualidade de prestação de serviços municipais, com a construção de infraestruturas de tratamentos de águas residuais e lamas fecais, mais de 20 mil infraestruturas de saneamento localizado, promoção de negócios de gestão de lamas fecais, Marketing de saneamento, revisão do quadro legal do sector, capacitação dos municípios e provisão de subvenções que permitem aos municípios investir em equipamentos e recursos humanos para melhorar a prestação serviço de saneamento.

 

DNAAS – Água e Saneamento para todos